Como parar os pensamentos de autocrítica com a forma de pensar da PNL

22/03/2018

Escrito por:

Mike Bundrant

Será que são as suas vozes de autocrítica que estão dirigindo a sua vida? Aprenda como desenvolver a forma de pensar para parar o comportamento agora.

Não importa onde você está ou o que está fazendo. Se você tende a ser autocrítico de si mesmo, mesmo o melhor dia será arruinado. O crítico interior é uma fonte universal de angústia. Esse artigo irá explorar a forma de pensar que cura a autocrítica, de acordo com a nossa experiência.

Termine com os pensamentos de autocrítica abordando o seu crítico interior

Pense no seu crítico interior como uma parte de você que está a procura de problemas. E é especialista em encontrar o lado negativo de qualquer situação.

• Se você fez bem, ainda não foi bom o suficiente.

• Se alguma coisa pode dar errada, ela vai dar.

• Se você está em um belo cenário, então você provavelmente não merece estar lá.

• Se você falar, vai parecer estúpido.

• Se você relaxar, algo ruim vai acontecer.

• Se você disser não, as pessoas vão te odiar.

Essas são divagações do crítico interior. Pode pegar o melhor dia, a maior oportunidade ou uma noite média e ele vai transformá-lo em um pesadelo vivo.

Enquanto a voz autocrítica está causando estragos na nossa mente, a maioria de nós tenta ignorá-la ou nos distrair, ou substituir a voz interior com afirmações positivas. Se essas táticas não funcionaram para você, então considere a seguinte forma de pensar.

Curiosidade

Se ficar curioso sobre o seu crítico interior, você pode querer saber mais sobre ele. O que é que ele quer, realmente? O que está por trás da barragem de negatividade? E se você permitir que ele continue falando? Será que iria durar para sempre?

Não seria para sempre

Tente essa pequena experiência. Primeiro, fique curioso sobre o seu crítico interior. O que o faz funcionar? Então, conscientemente ouça o som da voz crítica na sua mente. Ouça com curiosidade! Sempre que ela terminar uma frase, em seguida, fale de volta para ela. Repita mentalmente o que diz a "voz crítica interna", e em seguida, siga com o "e..."

Por exemplo:

Crítico interior: Você vai falhar miseravelmente.

Você: Entendi. Vou falhar miseravelmente, e...?

Crítico interior: E você nunca vai se recuperar!

Você: Certo, e eu vou nunca me recuperar, e....?

Crítico interior: Porque você é indigno de sucesso.

Você: Entendi. Sou indigno de sucesso, e...?

O que normalmente acontece após várias rodadas desse tipo de diálogo interior? O crítico interior faz uma de duas coisas:

1 - ele desaparece (com tranquilidade) ou

2 - ele começa a oferecer estímulo ou observações positivas.

Em uma questão de minutos, você pode mudar a atitude do seu crítico interior! Não há necessidade de ignorá-lo. Não é necessário se distrair e nem ficar chateado. Basta ficar curioso, ouvir conscientemente e responder para si mesmo de acordo com as orientações acima. Simples assim!

O artigo original "How to Stop Self-Critical Thoughts with this NLP Mindset" encontra-se no site https://inlpcenter.org/